quarta-feira, agosto 31, 2005

As obras no Estádio Municipal de Alcobaça. Gasta-se dinheiro criando um mini-campo junto ao principal, mas não se resolve o problema essencial. Alcobaça precisa de um complexo (pequeno) de campos relvados e instalações de apoio, pois o trabalho de formação do Ginásio de Alcobaça já o justifica. Poderia ainda albergar o Clube de Ténis de Alcobaça, também a desenvolver trabalho de qualidade na formação. Não tenham medo de sair do centro da cidade. Quem frequenta estes espaços no presente, fá-lo-á no futuro. Não duvidem. Eu ia.

3 comentários:

Mario Bernardes disse...

Bom, tu ias, mas a maioria não. Não nos podemos esquecer que estamos a falar de jovens desportistas sem grandes possibilidades de locomoção. A maioria vai a pé, nos intervalos ou a seguir às aulas e enquanto os pais estão a trabalhar. Não é assim tão fácil a descentralização deste tipo de infra-estruturas.

capeladodesterro disse...

Tens a certeza disso Mário? olhe que não, olhe que não... a melhoria das condições justificaria a necessidade de transporte das crianças, muitos deles são os pais que os levam, o Ginásio também tem transporte e ainda por cima vamos ter os transportes urbanos. Isto falando das escolas, porque relativamente aos jogos, os poucos que vão hoje iriam de certeza noutra localização. Sei, porque tb sou adepto de bancada!

Mario Bernardes disse...

Então para quê levar as infra-estruturas para longe se depois seriam necessários transportes especiais?! Mais despesa! E os transportes urbanos apenas cobrem uma parte do centro de Alcobaça. Mais dependendência dos carros, mais trânsito!
Alguns pais levam os filhos, mas muitos não. Saem da escola e vão directamente para as suas actividades.
Relativamente aos jogos, tudo bem...